• CONTENT
Produtos & Tendências

A tinta que pode aposentar o ar-condicionado  

Onde: Curitiba • 15 de Outubro - 2021 | Fotos Divulgação

Em fase experimental, a "tinta mais clara do mundo" reflete 98.1% das ondas de luz e pode ser a solução para o aquecimento global

Provavelmente você já ouviu falar do Vantablack - o material mais escuro do mundo (foto abaixo). Inventado em 2014, por cientistas britânicos, o Vantablack é capaz de absorver 99% das ondas de luz. Desde sua criação, diversos campos da ciência passaram a usar a tecnologia - especialmente na astrofísica e na engenharia espacial. Uma nova invenção, porém, acaba de redefinir conceitos no outro extremo do espectro e entrar para o Guinness como "o material mais claro do mundo".

 


O professor de engenharia mecânica Xiulin Ruan criou, junto com seus estudantes na universidade de Purdue, nos Estados Unidos, a tinta "mais branca" da história: capaz de refletir 98,1% das ondas de luz,  a invenção gerou enorme interesse devido às suas enormes implicações para a indústria e preservação ambiental. A criação de Ruan emprega uma alta concentração de partículas de sulfato de bário de diferentes tamanhos. Graças a isso, a tinta "ultra-clara" é capaz de refletir 98,1% da luz solar - contra apenas 80% a 90% do que oferecem as tintas e revestimentos disponíveis hoje em dia. Apesar de parecer pequena, esta diferença percentual traz enormes implicações.

 

Como o novo material é capaz de absorver menos calor do que emite, superfícies revestidas por ele seriam capazes resfriar suas áreas de cobertura abaixo da temperatura ambiente sem a necessidade de fontes externas de resfriamento. Ou seja: uma casa revestida por esta tecnologia apresentaria temperaturas amenas sem qualquer necessidade de ar-condicionado ou refrigeração artificial. Já pensou?

 

 

Um estudo da equipe de inventores considerou que, num telhado de 93m² de área, a aplicação da tinta equivaleria ao poder de resfriamento de 10 kw/h - número superior à capacidade média da maioria dos aparelhos de ar-condicionado domésticos utilizados hoje em dia. Além disso, a tinta "super-clara" pode ser a solução para evitar o agravamento das condições climáticas e mitigar o aquecimento global, oferecendo uma alternativa sustentável e acessível a áreas dependentes de tecnologias de refrigeração. A novidade promete chegar ao mercado em breve, para que os consumidores confiram, com os próprios olhos, se a tecnologia faz jus ao alvoroço que vêm despertando. Uma ideia brilhante - literalmente!

 

Galeria O professor Ruan em testa a capacidade de resfriamento da tinta Comparada às tintas convencionais, a invenção é capaz de refletir mais calor do que absorve
Comentários
Deixe seu comentário

Você também vai gostar
Identificação X
entrar usando o facebook