• CONTENT
Arquitetura

Luz e Água Fresca

Onde: Curitiba • 28 de Abril - 2021 | Fotos Dea Fylyk

Natureza, luz e elementos naturais marcam presença no projeto da Arquitetare para esta residência familiar refinada.

Não é segredo que o “wellness” e a “biofilia” são tendências marcantes no mercado de consumo: fazer da própria casa um espaço de reconexão e retomada do contato com a natureza é um anseio cada vez mais presente nos “briefings” de arquitetos e designers de interiores.  No caso desta residência de 500m² no Alphaville, em Pinhais/PR, não foi diferente: o casal de proprietários, com três filhas, encarregou a equipe da Arquitetare de criar um projeto moderno voltado ao bem-estar da família.



“Pensamos todo o projeto a partir da iluminação natural e do paisagismo como elementos de destaque. Ademais, respeitar a individualidade e privacidade de cada morador também foi muito importante, determinando o uso de telas solares e blackouts para as grandes esquadrias e panos de vidro.” – revelou a arquiteta Elaine Zanon.


A fachada de linhas retas ganhou personalidade por meio de um interessante jogo de volumes entre elementos arquitetônicos de vidro e limestone. O espelho d’água de borda infinita e os detalhes geométricos da porta de entrada principal valorizaram a proposta minimalista do projeto. Para os interiores, os revestimentos de limestone utilizados na área externa foram combinados a painéis de madeira, quartzo branco e detalhes metalizados para criar uma atmosfera acolhedora.




Integração e funcionalidade foram determinantes para a distribuição do layout: a janela em fita na área social se prolonga por todos os ambientes do térreo e abre a lateral da residência para um belo jardim vertical. “As esquadrias foram compostas para serem grandes panos de vidro, trazendo o maior possível contato com o paisagismo externo e reforçando o conceito de bem-estar e biofilia. Os móveis soltos da M. Decor foram escolhidos para se enquadrar no conceito da residência, que faz amplo uso da madeira, tons neutros e fendi.” – afirmou a arquiteta. A fluidez das áreas internas e externas determinou o uso de madeira natural, em tom caramelo, tanto no mobiliário dos interiores quanto no deck da piscina e detalhes do paisagismo. A geometria dos pendentes de iluminação e os detalhes metalizados da marcenaria finalizaram esta residência confortável e acolhedora em todos os detalhes.

Galeria
Comentários
Deixe seu comentário

Você também vai gostar
Identificação X
entrar usando o facebook