“A Equipe Casa Sul está funcionando normalmente em home office. Se precisar falar conosco, ligue para (41) 99966-8360 ou clique aqui para mandar uma mensagem via WhatsApp”

  • CONTENT
Arquitetura

Projetos da CASACOR MG são indicados a prêmio internacional

Onde: Curitiba • 14 de Fevereiro - 2020 | Fotos Divulgação

Três ambientes das edições de 2017, 2018 e 2019 da CASACOR Minas para concorrerem na categoria "Arquitetura Cultural".

A CASACOR Minas está sendo representada por três projetos no prêmio internacional "Building of the Year 2020", promovido pelo ArchDaily. Os ambientes são GUAJA Sapucaí, por Lucas Durães, Sarah Kubistchek, Pedro Haruf, Gabriel Nardelli e Marcos Franchini para a CASACOR Minas 2017; Pavilhão Nuvem, assinado pelo coletivo Arquitetos Associados para a CASACOR Minas 2018; e Área de Convivência (OCA), assinado por assinado por Bárbara Barbi, Murad Mohamad e Jéssica Sarria Martins para a edição de 2019 da mostra.

Todos os espaços estão concorrendo na categoria “Arquitetura Cultural” (Cultural Architecture), que engloba projetos que integrados ao ambiente e que proporcionam à sociedade formas de socialização e interação sócio-cultural.

O projeto GUAJA Sapucaí, por exemplo, além de abrigar a programação cultural da mostra em 2017, também funcionou como um espaço de trabalho e experiências colaborativas. O projeto ocupou um grande galpão de 420m² localizado no último andar do edifício histórico em que a mostra foi realizada, onde os visitantes eram convidados a intervir no ambiente. Ao invés de um projeto arquitetônico tradicional, a equipe optou por um processo não determinista, diluindo a autoria da concepção e construção do ambiente com dezenas de profissionais e estudantes das áreas de design e arquitetura.

Já o projeto Área de Convivência (OCA), um dos espaços da CASACOR Minas 2019, propunha um ambiente de descompressão, de convivência e também de contemplação de um entorno único que tem como moldura a Serra do Curral, que margeia o Palácio das Mangabeiras onde foi realizada a última edição da CASACOR Minas.

A peça principal do projeto (foto de capa) um elemento arquitetônico com ares de intervenção artística, de estrutura metálica vazada na cor do aço corten, foi formatado em curva áurea e posicionado estrategicamente.

Em sua extensão, um banco em madeira muiracatiara acompanha o movimento em caracol que tem, ao centro, uma escultura feita com pedaços de troncos de madeira e trançados de cestas. A peça, instalada sobre um deck com a mesma madeira do banco, comunga o espaço com duas outras áreas, delimitadas pelo mobiliário, entre sofás, chaises e mesas baixas de diferentes alturas com tampo de mármore tricolor, em branco, vermelho e verde.

Na saída do deck, um corredor com painel de madeira ripada flutua sobre ele e tem, em frente, uma parede de espelhos, propondo uma reflexão tanto imagética quanto pessoal, e também espaço onde estão presentes dois balanços, que agregam ao projeto a ludicidade da interação.

O Pavilhão Nuvem, projeto do coletivo Arquitetos Associados formado pelos arquitetos e urbanistas Alexandre Brasil, André Luiz Prado, Bruno Santa Cecília, Carlos Alberto Maciel e Paula Zasnicoff, surpreendeu o público com sua estrutura inteiramente construída a partir de conjuntos de telas de aço soldadas, evitando a geração de resíduos e perdas na produção.

Depois do seu lançamento oficial na 24ª CASACOR Minas, o Pavilhão Nuvem já foi remontado em outros eventos, como o portal de entrada do Minas Trend Preview – maior feira da indústria da moda de Minas Gerais – e diversos estandes da ArcelorMittal, parceira no fornecimento do aço para a montagem do espaço, em feiras comerciais e institucionais.

Galeria
Comentários
Deixe seu comentário

Você também vai gostar
Identificação X
entrar usando o facebook