• CONTENT
Décor

Moderno, jovem e romântico

Onde: Curitiba • 09 de Junho - 2021 | Fotos Evelyn Muller

Reforma transforma o apartamento do jovem casal com cores suaves e décor moderno

Acima: A integração dos ambientes é um dos pontos fortes do projeto. Marina conseguiu interligar sala de estar, sala de jantar, cozinha e varanda no contexto da ala social do apto |Fotos: Evelyn Müller

Duas bases dos projetos de arquitetura de interiores residenciais são o estilo de vida dos moradores e suas necessidades do dia a dia. No apartamento de 100 m², localizado no bairro Vila Mariana (bairro da zona sul da capital paulista), a arquiteta Marina Carvalho assinou a reforma que deixou o imóvel com a cara dos seus clientes. “Antes eles moravam em um apto de apenas 40 m², então a questão do espaço era muito importante. Com uma área maior, a estratégia de integrar ambientes contribuiu para ganharmos ainda mais espaço”, conta Marina.

 

Apaixonados por gastronomia e acostumados a receber visitas, o principal desejo do casal era ter uma estrutura bacana para cozinhar e recepcionar amigos e familiares. Com isso, sala de estar, sala de jantar, cozinha e churrasqueira foram integradas, deixando toda a área social do apartamento mais ampla e confortável. Marina fez algumas novas configurações no layout da cozinha: “Instalamos uma península branca para que o cozinheiro da vez ficasse de frente para as visitas, já que na planta original ele ficaria de costas. Essa mudança deixa o anfitrião à vontade para interagir com o seu entorno”, explicou a arquiteta. Ainda no cômodo, quadros, plantas e outros objetos preencheram os espaços vazios da marcenaria.

 

Na planta original, a sala de estar evidenciava o espaço reduzido. A remoção da porta de vidro que separava o ambiente do terraço solucionou o problema. Nessa conexão entre estar e jantar a mesa, acompanhada por oito cadeiras, produziu uma diferença enorme no décor. A diferença visual entre as duas salas se revela por meio dos painéis de madeira, em tons suaves, que revestem o ‘L’ que compreende, desde a entrada, até a face do painel da TV e o rack. “Fiz questão ainda de expressar a paixão musical do nosso morador, com os dois contrabaixos dispostos como uma obra de arte” (vide foto de capa).




Acima: A marcenaria na cor goiaba foi o ponto de partida para a escolha da paleta de cores neste projeto assinado pela arquiteta Marina Carvalho |Fotos: Evelyn Müller

No tocante às cores, a predominância dos tons claros, com alguns elementos mais intensos, exala a atmosfera leve e contemporânea proposta para o imóvel. Apaixonados pelo efeito dos tijolinhos aparentes – mais um item relacionado no briefing dos clientes –, Marina optou por revestir o piso com porcelanato no tom areia em todos os cômodos, propiciando uma base neutra para o contraponto com os demais elementos. Passando para a marcenaria, o revestimento goiaba se mesclou com o efeito terroso do tijolinho. “Fiquei muito feliz com esse toque de personalidade do nosso projeto de interiores”, compartilha a profissional.

 

A ala íntima do apartamento dá sequência à paleta suave. No dormitório do casal, por exemplo, o painel ripado da cabeceira se completa com os tons neutros das almofadas, roupa de cama e os demais móveis. A decoração, como os quadros e luminárias, se associam com o restante do cômodo seguindo a mesma proposta. Mais uma vez, o espelho entra em cena: revestindo as portas do guarda-roupa, auxilia no intuito de prover amplitude.

Os banheiros do apartamento seguem o mesmo estilo, mas com pastilhas em cores diferentes |Fotos: Evelyn Müller

Na suíte do casal, as paredes do banheiro foram revestidas com pastilhas da cor verde. A marcenaria bem planejada do gabinete da pia, por meio de armários e gavetas, consegue armazenar diversos itens por conta de suas gavetas e armários. O espelho também é versátil com as portas que oferecem espaço para os itens pessoais. O outro banheiro do apartamento segue a mesma funcionalidade da marcenaria da suíte: a diferença está pautada nas pastilhas de cor azul. “A construção dos banheiros considerou o dia a dia do casal. Assim, nossa ideia foi investir em uma concepção simples, mas ao mesmo tempo belo e funcional”, explana Marina.

 

O home office se traduz como o ambiente mais reservado do apartamento. O décor leve é constituído por bancada, cadeira ergonômica, móveis soltos e iluminação natural: pilares primordiais para uma boa rotina de trabalho |Fotos: Evelyn Müller

Comentários
Deixe seu comentário

Você também vai gostar
Identificação X
entrar usando o facebook