• CONTENT
Décor

Manual do Tijolinho

Onde: Curitiba • 17 de Dezembro - 2020 | Fotos Créditos nas fotos

Arquitetos dão dicas para investir, sem erro, neste elemento de décor super versátil

Projeto: Korman Arquitetos / Foto: JP Image

Atemporal, o tijolinho aparente é um elemento de décor que se encaixa bem em vários tipos de ambiente, quer para conferir um visual despojado ao projeto, trazendo textura e rusticidade aos ambientes, quer para equilibrar propostas decorativas mais formais. Por isso, o material é muito bem-vindo em áreas internas e externas, sendo um "queridinho" dos arquitetos e designers. Embora o elemento já esteja consolidado na arquitetura de interiores as dúvidas ainda são comuns, especialmente sobre os cuidados certos com a instalação, o acabamento perfeito e a manutenção das peças.

 
Acima: Projeto de Altera Arquitetura / Foto: Guilherme Pucci


O mercado dispões de diferentes de materiais que replicam o efeito do tijolo verdadeiro: desde os revestimentos cerâmicos e sintéticos até ladrilhos e papéis de parede. O "tijolinho à vista original", de barro, ainda é tipo mais comum e pode ser encontrado na estrutura das construções ao descascar as paredes. Dentre as vantagens, o material oferece preço acessível, alta resistência durabilidade, bem como o conforto térmico e isolamento acústico (muito desejados nas construções). Confira dicas de arquitetos para investir no tijolinho e projetos com este elemento para inspirar a reforma dos seus sonhos:

 

TIPOS DE TIJOLINHOS



Acima: No living, a arquiteta Cristiane Schiavoni usou os bricks de cerâmica numa paginação de espinha de peixe para decorar o living integrado | Fotos: Carlos Piratininga

Além da versão tradicional, utilizada na construção das paredes, a arquitetura de interiores tira partido dos "bricks de cerâmica". Este elemento é composto por placas de revestimentos que simulam, de forma fidedigna e com um leque de opções de acabamentos, o charme e a beleza natural dos tijolinhos. Dessa forma, não é necessário descascar a parede do imóvel e ter a sorte de encontrar o tijolinho usado inicialmente na construção do imóvel. Graças aos bricks cerâmicos, até mesmo construções cimentícias ou paredes de dry-wall podem ter a estética característica do tijolo. Outras vantagens são a facilidade de aplicação, efetuada diretamente na parede, e possibilidade de personalização com os mais diferentes desenhos e acabamentos.

 

CUIDADOS NO ASSENTAMENTO

Embora sejam duráveis, os tijolos que ficarão expostos pedem atenção na instalação. Acertar no alinhamento das peças na parede é fundamental para garantir um bom resultado. Para o assentamento, é preciso erguer uma parede com a ajuda de argamassa e rejuntes específicos para o material utilizado. Antes do assentamento é necessário conferir o nivelamento da parede para garantir que os revestimentos
de tijolos estejam corretamente alinhados.

 

Acima: Quarto do casal, com projeto da Andrade Melo Arquitetura / Foto: Luis Gomes

A superfície precisa estar limpa, seca, e com pequenas ranhuras para aumentar a aderência da argamassa. Sempre é necessário verificar se as juntas verticais e horizontais estão coincidindo para alcançar um visual harmônico. Dentre os tipos de rejunte estão:

* JUNTA CHEIA: a argamassa fica aparente, pois é nivelada na superfície do tijolo, dando um tom mais rústico e envelhecido;

* JUNTA SECA: nesse estilo a argamassa fica escondida, dando a impressão de que os tijolinhos estão empilhados, propiciando um visual mais moderno.

* JUNTA FRISADA: A argamassa fica aparente, mas ela é removida entre os tijolos, criando um efeito de profundidade.

 

Acima: Tijolos com junta seca compõem o pilar que dá um toque natural à casa reformada pelo escritório PB ARQUITETURA | Foto: Photons Fotografia

Durante o assentamento, é importante limpar os tijolos com a ajuda de um pincel de cerdas de náilon e água limpa para que o cimento não manche a parede. Se for necessário remover o reboco da parede existente, a dica é tomar muito cuidado para que as ferramentas não "machuquem" demais as peças que estarão aparentes, embora o acabamento desigual seja indicado para quem deseja um visual mais rústico.

Acima: Detalhe do projeto da arquiteta Pati Cillo, com tijolinhos em junta seca e acabamento com diferentes efeitos. / Foto: Luis Gomes



MANUTENÇÃO

É importante saber que a esse tipo de superfície demanda cuidados permanentes devido à porosidade. No pós-obra, existe um truque interessante para evitar que o tijolo solte pó após a instalação: esfregar a parede com uma bucha suave e remover a areia que fica sobre as peças. Depois, é necessário impermeabilizar o revestimento para evitar a formação de limo e acúmulo de sujeira. Os produtos mais indicados para esta finalidade são silicone líquido ou resina.



Acima: ambientes sujeitos à ação de gordura e líquidos devem passar por impermeabilização para evitar danos ao revestimento. Projeto de Marina Carvalho Arquitetura / Foto: Evelyn Muller

Além disso, quando aplicados na área externa, é preciso promover a limpeza mensal com solução de cloro com água. Já para a área interna, a manutenção exige a remoção do pó com pano úmido ou uma vassoura de cerdas macias. Quando todo processo é feito de forma correta, a parede de tijolinho aparente dura, intacta, até dois anos. Após este período, é indicado aplicar novamente a resina.

 

PINTURA



Acima: Na arquitetura de interiores assinada pela arquiteta Marina Carvalho o azul coloriu a parede de tijolinhos | Foto: Evelyn Müller

Se a ideia é colorir os tijolos, o mais recomendado é utilizar tinta acrílica, que é mais fácil de limpar do que a látex. Ela pode ser aplicada com rolo, deixando as superfícies uniformes. O recurso ajuda a esconder as imperfeições de paredes brutas, que foram descascadas.


ESCOLHA DE TAMANHO

Em geral os tijolos medem 5 x 22 x 10 cm, e rendem o dobro quando são divididos ao meio, ficando 5 cm de espessura. A dica também ajuda a poupar centímetros em espaços pequenos. Alguns fabricantes oferecem as peças pré-cortadas para facilitar o trabalho.

 

Acima: Projeto de Korman Arquitetos / Foto: JP Image

Para conferir projetos inspiradores siga nossas redes sociais e inscreva-se no canal Casa Sul no Youtube!

 

Comentários
Deixe seu comentário

Você também vai gostar
Identificação X
entrar usando o facebook