“A Equipe Casa Sul está funcionando normalmente em home office. Se precisar falar conosco, ligue para (41) 99966-8360 ou clique aqui para mandar uma mensagem via WhatsApp”

  • CONTENT
Arquitetura

Manual do Espaço Gourmet

Onde: Curitiba • 13 de Outubro - 2020 | Fotos Maura Mello

Confira dicas de arquitetos para criar um ambiente agradável e perfeito para receber

Já faz algum tempo que o termo "gourmet" vem ganhando força no mercado imobiliário brasileiro. Cozinhar virou um prazer, assim como receber convidados em casa. Para atender a esta nova realidade as cozinhas viraram espaços luxuosos, com direito a equipamentos e estrutura que, antigamente, só os chefs desfrutavam. Nas residências o termo passou a designar tanto cozinhas quanto varandas, convertidas em espaços sociais, que propiciam aos moradores, familiares e convidados a oportunidade de preparar e apreciar bons pratos, degustar bebidas e usufruir bons momentos em casa.



E como se configuram esses ambientes gourmet? Integrados com cozinhas, salas de estar ou voltados para áreas de lazer, os projetos podem trazer, desde as tradicionais churrasqueiras ou fornos a lenha, até cooktops modernos, adegas, cervejeiras, chapas para frituras e gavetas aquecidas. "Tudo acontece de acordo com o sonho do cliente", enfatiza Paula Passos, arquiteta e sócia de Danielle Dantas no escritório Dantas & Passos Arquitetura. Experientes na execução desses espaços, as arquitetas enfatizam que o gourmet vem da vontade de cozinhar em um espaço bem equipado e em boa companhia, onde todos possam compartilhar a alegria de comer e beber com familiares e amigos queridos. Por isso, a atmosfera do ambiente precisa refletir essas "boas energias".


Especialmente neste espaço o décor precisa ser prático e funcional. Embora seja importante que o espaço gourmet transmita relaxamento e diversão toda a sua  estrutura precisa ser resistente e aguentar o calor, fumaça e detritos provenientes do preparo dos alimentos. "Junto com tudo isso, trabalhamos para elencar as soluções para nada interferir no bem-estar", diz a arquiteta Danielle. Junto com os equipamentos, as coifas são aliadas fundamentais para absorver os odores, especialmente em ambientes com menor ventilação.

Os móveis, por sua vez, precisam ser planejados de acordo com o local e cumprir a função decorativa com conforto. Se houver bastante espaço, pode-se pensar em uma bancada e adicionar itens como uma churrasqueira e forno de pizza. Uma adega ou uma cervejeira localizada longe do calor, também pode ser uma boa pedida. "Uma mesa com cadeiras ou bancos encostados em uma ilha fica bastante funcional. Também é possível ter essa mesma ilha com mesa e banquinhos no mesmo ambiente, para que o cozinheiro não fique isolado", explica a arquiteta Paula.

Quando se trata de iluminação - ponto tão importante quanto os equipamentos - ela deve ser bem dimensionada para se destacar nos eventos noturnos. Em linhas gerais, pode ser composta por luzes suaves e indiretas para trazer um toque mais acolhedor.

Os pisos do espaço gourmet também merecem atenção (um chão manchado no espaço de receber pode afetar todo o ambiente). Assim, a melhor opção é o porcelanato, que além de oportunizar diversos estilos, promove facilidade para limpeza. "Sem contar que, em ambientes externos ainda podemos optar por versões antiderrapantes", destaca Danielle. Os chamados pisos de pedra também são excelentes ideias para esta área. Entre as opções, o granito é uma boa escolha em função da sua resistência.



Pensando na atmosfera natural, plantas sempre são bem-vindas. Em apartamentos, a colocação de vasos, jardins e hortas verticais dão outra cara ao espaço. O único cuidado a observar são as plantas aromáticas: algumas delas, como lavanda e lírios, tem perfumes tão fortes que podem prejudicar a apreciação da comida. Ervas utilizadas na culinária, por outro lado, são ótimas alternativas.

Diferente da cozinha tradicional fechada e separada da sala, a cozinha gourmet é um integrada à varanda ou sala de estar e jantar. Dessa forma, deve ser pensada para ser acolhedora, aconchegante, mas com personalidade. Praticidade aliada à estética da decoração, com bons armários distribuídos corretamente, eletrodomésticos bem pensados e acabamentos fáceis de limpar, favorecem a rotina do "chef". Seja em um ambiente fechado ou em varandas, no ambiente gourmet, Paula e Danielle recomendam não abrir mão da qualidade na hora de escolher fornos, fogão, cooktop e churrasqueira.

Confira mais imagens em nossa galeria!

 

Galeria
Comentários
Deixe seu comentário

Você também vai gostar
Identificação X
entrar usando o facebook