“A Equipe Casa Sul está funcionando normalmente em home office. Se precisar falar conosco, ligue para (41) 99966-8360 ou clique aqui para mandar uma mensagem via WhatsApp”

  • CONTENT
Conexão

Voluntários revitalizam salas de descompressão em hospital

Onde: Curitiba • 21 de Maio - 2020 | Fotos Divulgação

Especialistas em arquitetura transformam espaços para ajudar na saúde física e emocional dos profissionais de um hospital gaúcho

Mais um exemplo de solidariedade em tempos de pandemia: um grupo de estudos em neurociência aplicada à arquitetura se dedicou a melhorar o ambiente de trabalho dos profissionais de saúde de um hospital em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. A ação dos voluntários, coordenada pelo “NeuroArq Studies” e incentivado pela NeuroArq Academy (Academia Brasileira de Neurociência e Arquitetura), reuniu especialistas nas áreas de arquitetura, urbanismo e design de interiores para reformar quatro áreas do Hospital Cristo Redentor.

 

A UTI, sala de emergência, ala de traumatologia e terraço de descompressão da instituição receberam grafites coloridos, papéis de parede que remetem à natureza, cadeiras e poltronas coloridas e outras intervenções. Os espaços destinados para relaxamento não eram ambientes preparados para oferecer, de fato, descanso e bem-estar.

Priscilla Bencke, arquiteta co-fundadora da NeuroArqAcademy, explica que as cores foram escolhidas estrategicamente: “Uma pessoa que sempre trabalhou num ambiente branco, o cérebro dela vai associar essa cor ao trabalho. Como queremos que se desconectem, não poderíamos manter o branco

Para garantir ainda mais vida o engenheiro agrônomo João Manuel Feijo, da Ecotelhado, enriqueceu o lugar com plantas em ecobags. Ele pesquisa e desenvolve sistemas de infraestrutura verde e Design Biofílico. “A biofilia significa “amor à vida” e é a afinidade inata dos seres humanos com o mundo natural. A ideia foi conscientizar que a conexão com a natureza nos traz mais saúde, criatividade e disposição”, ressalta Feijó.



A arquiteta Juliana Enderle, coordenadora desse projeto de revitalização, acrescenta que elementos naturais melhoram em 15% a sensação de bem-estar das pessoas. Cerca de 20 empresas doaram materiais e mais de 15 profissionais trabalharam de forma voluntária. Bia Rafaelli, arquiteta especialista em Design Biofílico, acredita que a missão foi cumprida. “O Design Biofílico nos possibilita projetar a partir de uma experiência benéfica com a natureza, a escolha certa de materiais e cores. Nossa expectativa é reduzir estresse nos profissionais. Sentimos uma enorme gratidão em ajudar com o nosso conhecimento e trabalho. Temos a certeza de que essa ação solidária gerará mais saúde a todos no hospital”.

Galeria
Comentários
Deixe seu comentário

Você também vai gostar
Identificação X
entrar usando o facebook