• CONTENT
Décor

Lareiras: dicas e inspiração para diferentes ambientes

Onde: Curitiba • 27 de Abril - 2022 | Fotos Créditos nas Fotos

Dos modelos sob medida às opções portáteis - saiba mais sobre este item que faz toda diferença nos dias mais frios

A lareira com pedras naturais tornou o ambiente o ponto de encontro da família neste projeto da Spaço Interior | Foto: Kadu Lopes

Com o inverno cada vez mais próximo, ter um espaço para relaxar, sentir-se quentinho e acolhido é tudo o que queremos, não é mesmo? Se você também ama curtir as baixas temperaturas, no conforto de casa, chegou o momento de pensar nos detalhes que trarão as melhores experiências nesta próxima estação. Além dos tapetes fofinhos, cobertores e mantas - investimentos comuns para a época - que tal pensar em ter uma lareira? Além de aquecer o ambiente, deixá-lo mais aconchegante e proporcionar estilo e conforto, as inúmeras opções disponíveis atualmente têm conquistado, cada vez mais, o coração dos brasileiros. Entre tantas opções – portáteis elétricas, a gás, tradicionais a lenha ou ecológicas – hoje
é possível ter uma lareira em casa, sem bagunça nem quebra-quebra.

Confira nossas dicas! 

 

Acerte na Escolha do Revestimento

Elegante e com uma paleta de tons sóbrios, o ambiente projetado pela arquiteta Cristiane Schiavon ganhou um nicho, todo feito de mármore. A lareira escolhida funciona a álcool | Foto: Carlos Piratininga

O primeiro fator a ser observado na escolha da sua lareira é o tipo de piso e revestimento do ambiente que irá recebê-la. A presença do fogo pode gerar faíscas que, em contato com carpetes ou tapetes, podem resultar em incêndios. Por isso, pisos cerâmicos ou porcelanatos são mais indicados para espaços próximos ao fogo, bem como, o uso de telas de proteção e quebra-chamas frontais.

Fugindo do convencional, esta casa de praia ganhou uma lareira tradicional e virou o cenário perfeito para curtir o verão e também o inverno | Projeto Macedo e Covolo Arquitetura – Foto: João Ribeiro

Os revestimentos usados para emoldurar a lareira variam de acordo com o conceito e estilo de decoração, porém, geralmente são de pedra, mármore, concreto, aço, tijolinho, ferro ou porcelanato. É importante conversar com o fornecedor do revestimento, antes da execução, para saber como o material escolhido reage ao calor do fogo - esta medida evitará dissabores causados por rachaduras e deformações causadas pelo  calor.

 

Posição da Lareira

Neste living, o escritório Korman Arquitetos optou pela lareira tradicional. O nicho para guardar a lenha ganhou evidência no ambiente, que conta com uma poltrona estrategicamente posicionada para aproveitar o calor | Foto: Gui Morelli

A posição da lareira também é determinante para o resultado final do projeto. A instalação pode serde canto, central, suspensa ou de parede, porém as de canto e de parede acabam sendo mais usadas pois interferem menos na circulação de pessoas. As lareiras centrais e as suspensas, caso haja espaço disponível para sua correta instalação, geram efeitos marcantes e de grande apelo estético. Devido ao tamanho, todavia, geralmente são especificadas com frequência maior em ambientes externos.

   

 

De Olho nas Medidas

De um modo geral, a instalação de todos os modelos pode ser feita na mesma altura: 40 cm do piso para que a chama esteja confortável para a visualização dos moradores. Porém, o tamanho do nicho pode variar de acordo com o tipo de lareira escolhido. Para o modelo a lenha, o indicado é 45 cm para a chama, enquanto as versões ecológicas exigem entre 60 a 70 cm de altura para o nicho.

 

No projeto assinado por Paula Passos e Danielle Dantas, do escritório Dantas & Passos Arquitetura, a lareira é o ponto de destaque da sala de TV. O modelo, abastecido com álcool em gel, foi embutido no canto do móvel de mármore | Foto: Maura Mello

 

  

Forma de Abastecimento da Lareira

 

Lareira à lenha

No projeto executado pela arquiteta Isabella Nalon a lareira a lenha conecta o living e o espaço de lazer. Internamente, ela conta com tijolos refratários; do lado de fora, foi revestida com placas de concreto em alto relevo. | Foto: Luís Gomes

Abastecida com lenha, a instalação da lareira tradicional exige mão de obra especializada e requer estrutura de chaminé ou duto de exaustão para a saída da fumaça. Por isso, precisa ser pensada durante a construção da residência - caso contrário, a sua concepção posterior demandará uma grande reforma estrutural do ambiente. Além do projeto correto e execução profissional, há modelos pré-fabricados de alvenaria, metal ou concreto. A parte interna deve ser composta por plaquetas de tijolo refratário, ao passo que o exterior, embora mais democrático, exige materiais resistentes às altas temperaturas e bons isolantes térmicos para o melhor resultado final.

 

Lareira Ecológica 

 

Para otimizar o espaço livre ao lado do móvel da TV, a arquiteta Karina Korn, do escritório Karina Korn Arquitetura, trouxe o aquecimento perfeito com a lareira ecológica | Foto: Eduardo Pozella


Este tipo de lareira usa o etanol ou gel fluído como combustível e é extremamente fácil de instalar, podendo até ser portátil. Como ponto positivo para sua adoção está o fato de ser ecologicamente correta por não produzir fumaça, resíduos ou inalantes. É perfeita para quem mora em apartamento ou não deseja promover uma grande obra – a escolha ainda tem a vantagem de dispensar chaminés ou tubulações específicas.

 

Neste apartamento pequeno reformado pelo arquiteto Bruno Moraes, a sala ficou mais acolhedora com a lareira elétrica portátil. | Foto: Luis Gomes

 

Para este apartamento, Júlia Guadix, do Studio Guadix, elegeu um modelo que pode ser levado de um canto para o outro rapidamente. A lareira conta com rodinhas e um suporte de vidro que dá um conforto térmico agradável | Foto: Guilherme Pucci

 

Lareira a gás

 

A lareira com pedras naturais tornou o ambiente o ponto de encontro da família neste projeto da Spaço Interior | Foto: Kadu Lopes

O modelo dispensa o uso de dutos de exaustão e é de fácil manuseio. Tão prática de acender quanto uma boca de fogão, alguns modelos podem ser acionados até mesmo por controle remoto. Antes de comprar, recomenda-se verificar qual o tipo de alimentação a gás disponível no imóvel, tendo em vista que o modelo precisa ser compatível. Assim como a versão à lenha, a lareira a gás exige mão de obra especializada para instalação.

Confira todas as imagens em nossa galeria!

Comentários
Deixe seu comentário

Você também vai gostar
Identificação X
entrar usando o facebook