• CONTENT
Décor

Dicas de como usar a palhinha na decoração

Onde: São Paulo • 04 de Setembro - 2019 | Fotos Gui Morelli

O ecsritório Korman Arquitetos dão dicas de como compor ambientes com a palhinha

A palhinha é um acabamento que carrega história e memória na trama das fibras naturais. Com origem na Índia, o revestimento se popularizou em Viena, na Áustria, e passou a integrar versões de peças clássicas do design, como a Poltrona Luís XV e a cadeira Medalhão. Graças a sua trama vazada, considerada ideal para climas tropicais, a palhinha entrou nas casas brasileiras e se tornou um material característico das décadas de 1950 a 1970.

Com a valorização de peças artesanais, o acabamento ganhou forças nos últimos anos, repaginado e integrado ao mobiliário contemporâneo. “A palhinha é um produto que nunca saiu de moda, podendo ser usado tanto em cadeiras e poltronas quanto em portas e biombos”, conta a arquiteta Ieda Korman, da Korman Arquitetos. “Uso muito mobiliário com palhinha, pois o resultado de seu design é muito delicado, dando leveza e calor ao ambiente”, comenta a profissional.


Diversidade de tons

A palhinha natural pode ser tingida e, neste living integrado, o escritório mostra a versatilidade de diferentes tons do material na decoração. A poltrona do home theater traz em seu encosto uma versão mais escura do material, em harmonia com os painéis e a poltrona de leitura. No estar, onde predominam os tons neutros, a versão tradicional do acabamento compõe as poltronas. Já as cadeiras pretas com encosto de palhinha são o destaque da sala de jantar.



Urbano sofisticado

O estar do apartamento, renovado para um jovem casal, ganhou um trio de poltronas com assento e encosto de palhinha. As peças assinadas pelo arquiteto Sergio Bernardes fazem parte de um conjunto contemporâneo e ao mesmo tempo sofisticado, junto com o piso em Travertino rústico, o tapete nepalês com uma estampa moderna, o sofá revestido de seda e a mesa de centro em nogueira e vidro, desenhada pelo escritório.

Toque oriental

A personalidade deste apartamento vem da mescla de referências: o estilo moderno e despojado combina materiais rústicos, peças asiáticas e de design brasileiro. As cadeiras em palhinha rodeiam a mesa de laca branca, em destaque sobre o piso de madeira de demolição. O escritório apostou na parede de tijolinhos, no pendente na cor cobre e na porta vermelha para ousar no décor.

Sobre a Korman Arquitetos

Korman Arquitetos é mais que um escritório. Representa a geração de arquitetos que levam a marca dos projetos assinados há mais de 35 anos. Formado pelo casal Silvio e Ieda Korman, hoje tem na equipe a força de Carina Korman e, em equipe, assinam projetos residenciais, comerciais e de hotelaria – tanto no Brasil, como também no exterior.

Korman Arquitetos

Rua Groelândia, 1877, Jardim América, São Paulo

Tel.: (11) 3060-8313

www.kormanarquitetos.com.br

@kormanarquitetos

Comentários
Deixe seu comentário

Você também vai gostar
Identificação X
entrar usando o facebook